Piranesi e Ana Maria Tavares // Cárceres a duas vozes

R$ 45,00

Categoria

Descrição

A série das dezesseis gravuras dos Cárceres (c.1761) de Giovanni Battista Piranesi (Veneza 1720-Roma 1778), estabelece um diálogo inédito do gravurista italiano mais importante do século XVIII com uma artista brasileira contemporânea, que se deixou seduzir pela estrutura labiríntica dos Cárceres, para forjar uma obra em série (Airshafts para Piranesi). Textos de Aldous Huxley, Daniel Samoilovich, Jorge Schwartz, Fabiola López-Durán e Philip Kelleher, Marguerite Youcenar, Neide Jallageas e Sergei Eisenstein.

Autor: Museu Lasar Segall

Ano: 2015

Local: São Paulo

Número de páginas: 144p.; il. Cor e p/b