Candidatos selecionados

Conforme previsto em edital, confira a lista de 25 selecionados para o curso online “Arte e educação entre o museu e a escola”:

Alessandra Cavalheiro Gaia
Aline Oliveira Kaida Mendes
Amanda Augusto de Oliveira
André de Pina Moreira
Camila Maria Fernandes Campos Spina
Carla Gonçalves Conatti
Caroline Antônia da Silva Bandeira
Cristiane Peroni Rodrigues
Fabíolla Reis Bomfim de Lima
Fernanda Aguiar Alonso de Carvalho
Glauciara Pinheiro de Andrade
Juliana Assis Martinelli
Liliane Marote Paulino
Luciana Galizia
Lucineia Alves da Silva Queiroz
Margareth de Almeida Reboledo
Pamela Felix da Mata
Priscilla Aparecida Amaral
Regiane Conceição Siqueira de Almeida
Roseli Santos dos Passos Eugenio
Silvana Ruiz Barbeiro
Silvia Cristina Silva
Thamirys Souza Areas Marins
Thiago Valim Oliveira
Valéria Leal de Souza Silva

____________________________

 

Voltado para professores do ensino básico da rede municipal de São Paulo (SP), o curso online “Arte e educação entre o museu e a escola” é realizado pela Ação Educativa do Museu Lasar Segall em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP) e orientado pelo desejo de interseccionar abordagens pedagógicas entre museu e escola.

O curso pretende construir um ambiente de pesquisa e discussão sobre práticas pedagógicas no ensino de arte entre o museu e a escola, refletindo sobre os aspectos do sistema da arte e da cultura visual que constroem nossas subjetividades e orientam a experiência estética. A ideia é que o curso seja uma oportunidade de troca de saberes que contribuam para que os participantes reflitam suas próprias práticas à luz dos temas investigados ao longo das aulas.

São objetivos do curso promover um ambiente de troca de experiências educativas significativas entre os participantes; investigar a convergência de práticas pedagógicas no ensino de arte entre museu e escola; discutir o papel da cultura visual na relação entre arte e educação; e abordar a dimensão crítica das práticas pedagógicas relacionando com seus respectivos contextos comunitários.

O curso também objetiva mobilizar e desenvolver práticas de criação artística considerando os contextos de aprendizagem que emergem do museu, da escola e da casa; mobilizar e desenvolver práticas pedagógicas em ressonância com a experiência do curso; e materializar e compartilhar as descobertas, práticas e pesquisas realizadas ao longo do curso através da elaboração de uma exposição/produto de criação coletiva.

 

Conteúdo programático

O escopo de temas abordados pelo curso inclui:

Convergências de práticas pedagógicas entre museu e escola
Práticas pedagógicas no ensino de arte: leitura de imagem
Aspectos da cultura visual
Aspectos fundamentais da história da arte
Relação entre cultura visual e experiência estética
Representações e códigos visuais
Imagem e imaginação
Relação entre experiência e prática
Fundamentos e práticas de criação com a linguagem gráfica
Contextos de aprendizagem: casa, escola e museu
Perspectivas críticas dentro das práticas educativas
Poéticas e políticas da arte e da educação

 

Metodologia

O curso de modalidade EaD (educação a distância) será realizado em ambiente virtual através de aulas síncronas por videoconferência na ferramenta Google Meet e atividades e pesquisas remotas orientadas pelos educadores através de recursos e materiais de apoio disponibilizados no Google Classroom. As aulas síncronas abordam os conteúdos previstos através de leituras de obras de arte, discussão de textos, visitas à exposições virtuais do museu e de outras instituições e experiências de práticas artísticas com materiais de fácil acesso. Para as atividades remotas, os materiais de apoio a serem ofertados passam por textos de autores de referência, apresentações, vídeos e demais materiais audiovisuais.

 

Programa do curso

Aula Inaugural
13 de Maio das 19h às 21h.
Carga horária: 2 horas
com Josiane Cavalcanti

Aula 1 – Criação como Experiência
15 de Maio das 9h às 12h.
Carga horária: 8 horas (3 horas síncronas + 5 horas de leitura e atividades remotas)
com Luciano Favaro

Aula 2 – A imagem entre o que se vê e o que se olha
29 de Maio das 9h às 12h
Carga horária: 8 horas (3 horas síncronas + 5 horas de leitura e atividades remotas)
com Josiane Cavalcanti

Aula 3 – Quem Te Viu, Quem Te Vê: Imagem, Cultura Material e História da Arte
12 de Junho das 9h às 12h
Carga horária: 8 horas (3 horas síncronas + 5 horas de leitura e atividades remotas)
com Renato Lopes

Aula 4 – Imaginando futuros para as relações entre museus e escolas
26 de Junho das 9h às 12h
Carga horária: 8 horas (3 horas síncronas + 5 horas de leitura e atividades remotas)
com Ludmila Cayres
Aula 5 – Encerramento
10 de Julho das 9h às 12h
Carga horária: 8 horas (3 horas síncronas + 5 horas de leitura e atividades remotas)
com Josiane Cavalcanti

 

Seleção

O curso oferecerá 25 vagas reservadas para professores da rede municipal paulistana. Para participar da seleção é necessário enviar uma carta de intenção via formulário online disponível abaixo, contendo entre 500 e 800 palavras. A seleção levará em conta critérios como a variedade das faixas etárias com as quais os professores atuam (educação infantil, ensino fundamental, médio e EJA) e as conexões entre a programação do Museu Lasar Segall e projetos pedagógicos realizados ou interesses manifestos pelos candidatos.

 

Inscrições

As inscrições poderão ser feitas, através do envio do formulário online, a partir das 12h do dia 27/04 até o limite de 200 inscritos. O resultado será divulgado nesta página no dia 06/05 a partir das 12h e os candidatos selecionados serão avisados por e-mail.

 

Educadores responsáveis 

O curso contará com a participação de todos os educadores que integram a Ação Educativa do Museu Lasar Segall.

Josiane Cavalcanti é educadora e coordenadora da Ação Educativa do Museu Lasar Segall. Atua como professora de artes visuais do Colégio Parthenon e com arte-educação e mediação cultural desde 2006. Ao longo de sua trajetória passou por diversas instituições culturais, como Fundação Bienal de São Paulo, Instituto Itaú Cultural, Pinacoteca do Estado de São Paulo e Museu de Arte Moderna (MAM). É licenciada e bacharel em Artes Visuais pela Faculdade Santa Marcelina e especialista em Crítica e Curadoria pela PUC-SP.

Luciano Favaro é educador da Ação Educativa do Museu Lasar Segall. Trabalha como arte-educador desde 2012, atuando em diversas instituições, como Fundação Bienal de São Paulo, Instituto Tomie Ohtake e Polo Cultural Vila Itororó. É bacharel em artes visuais pela faculdade Belas Artes de São Paulo e desde 2016 desenvolve uma pesquisa sobre estética e pensamento decolonial.

Ludmila Costa Cayres é mãe, artista e educadora da Ação Educativa do Museu Lasar Segall. Graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Espírito Santo, participa desde 2009 de projetos, experiências artísticas e exposições coletivas com o propósito de tornar o espaço expositivo um lugar ativo de discussão. Foi coordenadora do Núcleo de Ação Cultural e Educativa do Museu de Arte do Espírito Santo (2014- 2016) e desde então organiza e participa de diversos projetos de formação em arte, educação e mediação cultural em Vitória e São Paulo.

Renato Lopes é educador da Ação Educativa do Museu Lasar Segall e doutorando em História da Arte pelo PPGHA-UNIFESP. Desde 2014 tem trabalhado em diversas instituições culturais, como Theatro Municipal de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo e Centro Cultural Fiesp. Atualmente é professor e coordenador do Cursinho Comunitário Milton Santos, iniciativa popular da periferia de Guarulhos que há duas décadas prepara jovens e adultos para realização do ENEM e demais vestibulares.