O Museu Lasar Segall cumpre um importante papel na difusão de metodologias de ensino de arte e na formação de educadores desde os anos 1980. Em paralelo ao trabalho de imersão cultural das chamadas “Atividades Criativas”, a Ação Educativa tem se dedicado ao processo de aprendizagem e criação que se dá no contato dos públicos com as exposições.

O eixo central do programa são as comunidades escolares. Os educadores partem da linguagem e das narrativas expressas na obra de Segall para instigar conversas, estimulando no público a reflexão e o confronto entre a arte e as suas próprias leituras de mundo.

Em 2019, a Ação Educativa passa por uma reestruturação. Os educadores têm elaborado diferentes modelos de trabalho com grupos escolares, inicialmente na forma de visitas, que poderão se desdobrar em projetos colaborativos. Em paralelo, iniciam um grupo de estudos aberto para professores e pesquisadores, de modo a tornar o museu uma instância de pesquisa e interlocução sobre abordagens contemporâneas no ensino de arte e na mediação cultural. Pretende-se, assim, fomentar o uso do museu como ferramenta pedagógica, ampliando e difundindo os vocabulários desse campo.